BG

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Fim de semestre


O mês de julho está chegando ao fim e com ele o meu período de estudos aqui em Portugal. Sou uma das poucas pessoas que ainda está aqui; a maioria já voltou pra casa, porque até o período de Recurso já terminou. Eu quis ficar até o começo de agosto pra poder aproveitar uns dias de férias, já que vim com o propósito de estudar muito durante o período letivo. Dos países da Europa além de Portugal, só pude conhecer a Espanha (quer dizer, só a capital, Madri), mas eu adorei!

Mas, como nerd que sou (risos), vou falar primeiro de como foram os estudos (e os exames!). Deve haver algum filho de Deus nesse mundo que faça mobilidade pra estudar! risos... Brincadeira, muitos amigos meus também estudaram muito, até porque o ensino aqui é muito mais puxado:

1 - Temos que fazer pelo menos um exame de cada cadeira em que estamos inscritos. Isso quer dizer que toda cadeira tem um exame, no mês de junho (reservado só aos exames - não há aulas) em que cai toda a matéria do semestre (ou assuntos específicos à escolha do professor).

2 - Além do exame, que vale geralmente 60 ou 70% da nota (só temos uma nota, e não três, como na minha faculdade), podemos ter (não necessariamente) um ou dois trabalhos ou provas para complementar a nota em 40 ou 30%.

3 - Os exames são agendados pela Faculdade, não pelos professores;

4 - As notas são divulgadas em listas enviadas por e-mail (com as notas de todos os alunos da turma juntas :$);

5 - O histórico final passa por cálculos que comparam a nossa nota com a maior e a menor da turma, e produzem um conceito (A, B, C, D ou F) e uma tabela com correspondências entre as notas daqui e "Excelente", "Muito Bom", "Satisfatório" etc., porque as notas aqui vão de 0 a 20, com média 10; enquanto no Brasil o sistema de notas varia muito de uma universidade para a outra. Na UFMA, vai de 0 a 10.

No meu caso, foi assim:

* Literatura Portuguesa Contemporânea - Exame Final (70%) + Relatório de Leitura (30%);
* Literatura Inglesa - Shakespeare e o Renascimento Inglês - Exame Final (60%) + "Envolvimento nas sessões" (40%);
* Estética e Linguagem - Exame Final (70%) + 2 Análises (uma de Imagem, outra de Texto Literário) (30%);
* Teoria da Literatura II - Exame Final (100%).

Tirei 17, 15, 16 e 16, respectivamente. Ainda não peguei o documento com as correspondências aos conceitos. À medida que ia recebendo as notas, não sabia se ficava triste ou feliz, porque achava que ainda estava muito longe do 20; mas depois fui vendo que o 20 é uma utopia hehehe (ninguém tira), o 19 é quando vamos mesmo muuuito bem (um colega meu tirou), e entre 16 e 18 são notas boas (no meu conceito de boas :D). Também depende muito do conceito do professor do que seja uma nota boa hueheuhe

Mas como notas são apenas notas, fiquei mesmo foi com o aprendizado. E posso dizer que foi muito grande! Desde uma mudança na minha atitude científica, em que eu passei a buscar ter mais rigor e paciência nas minhas pesquisas, até os conceitos, termos e referências que fui "colocando na bagagem" - literalmente, porque minha mala vai com um monte de livros. As cadeiras de que mais gostei foram Teoria da Literatura II (que eu já tinha feito na UFMA, mas queria aprofundar os conhecimentos, e acho que consegui) e Literatura Portuguesa Contemporânea, em que me apaixonei pelo Surrealismo e pelo poeta surrealista português, Mário Cesariny, e por muitos outros poetas portugueses que eu não conhecia. As professoras destas cadeiras também me marcaram muito, de maneiras diferentes. Ensinaram-me muito sobre como estudar, como dar aula, e também como ser aluna universitária.

Vale a pena estudar aqui! Pelo menos, na área que eu pude ver de perto! Por falar em área, aqui eu estudei na Faculdade de Letras (que corresponde ao Centro de Ciências Humanas da UFMA), em que funcionam os cursos (de graduação - chamados "licenciaturas", mesmo que não sejam destinados ao magistério) de: Arqueologia; Ciências da Informação; Ciências da Comunicação: Jornalismo, Assessoria, Multimédia; Ciências da Linguagem (do qual fiz Estética e Linguagem, mais direcionado pra Linguística); Estudos Portugueses e Lusófonos; Línguas, Literaturas e Culturas (do qual fiz as outras 3 cadeiras); Línguas Aplicadas; Línguas e Relações Internacionais; Filosofia; Geografia; História; História da Arte e Sociologia. Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas aqui.

Modelos de exame:
Teoria da Literatura II (o que eu fiz)
Lit. Portuguesa Contemporânea (exemplo fornecido pela profa.)

Se quiserem saber mais, mandem-me um e-mail! O endereço está no "Quem sou eu". Fiquem com algumas fotos:



(Minha página no SIGARRA - sistema da FLUP)


(FLUP)


(eu, na FLUP)

Dedico à FLUP uma canção da Tuna Feminina
(cuja melodia é de "Felicidade", do Caetano Veloso):

Ai, Faculdade, vou-me embora
Vai ficar esta saudade
Que já chora pela vida de estudante
Não demora o adeus que nos separa
Nesta hora
Quando chegava ainda o tempo era tão longo
Hoje olho e soube a pouco*
Tudo passou a correr
São tantos dias, tantas noites, tanta farra
Que ao som de uma guitarra
Nós juramos não esquecer
Ai, Faculdade, vou-me embora
Vai ficar esta saudade
Que já chora pela vida de estudante
Não demora o adeus que nos separa
Nesta hora
Foi sob as capas que encontramos o segredo
E que perdemos o medo
Aprendemos a crescer
E é sob as capas que te canto, Academia
Foste tudo o que eu queria,
Hoje sei o que é viver

*não, aqui não seria "soube há pouco", porque o verbo saber, aqui em PT, também significa parecer, ter gosto ou cheiro (ex.: Este bolo sabe a laranja).

video

Um comentário: